Saiba o que é e como funciona a remuneração estratégica

A remuneração estratégica visa a recompensar os colaboradores que obtêm um bom desempenho nas atividades da empresa. Ela pode ser feita por meio de quantias financeiras ou benefícios, folgas e comissões, por exemplo.

Existem diversos tipos de remuneração estratégica. Entre eles, estão os benefícios em dinheiro, os benefícios não monetários, a participação nos lucros e resultados e a gamificação.

Em qualquer um dos casos, os colaboradores que recebem esse tipo de remuneração devem se destacar, seja pelo cumprimento de metas, seja pela produtividade e resultados.

Continue a leitura para saber mais!

Como funciona?

A remuneração estratégica funciona de maneira muito simples: a empresa oferece uma remuneração fixa (salário) que o colaborador recebe ao atingir ou não as metas estabelecidas previamente pela empresa, englobando vencimentos, auxílio à saúde e vale-alimentação. 

Ao mesmo tempo, ela oferece uma remuneração variável, que só é creditada ao profissional caso ele cumpra as metas. Essa remuneração não tem natureza salarial e, por isso, não entra nos cálculos tributários da empresa. Entretanto, o colaborador deve declarar a quantia em seu imposto de renda.

Vantagens e desvantagens

As principais vantagens de adotar a remuneração estratégica são a chance de valorizar os profissionais que mais trazem resultados positivos para a empresa, bem como fazer a atração e retenção de talentos.

Profissionais que são motivados a entregarem o melhor de si mesmos, por meio da remuneração, acabam tendo uma produtividade e um engajamento maior. Os talentos também se sentem mais atraídos a aceitar ou a continuar em um posto de trabalho que premia o seu bom desempenho.

Já no que diz respeito às desvantagens, podemos citar o possível conflito entre os colaboradores que estão inseridos em um ambiente competitivo na busca pela remuneração estratégica.

Outra desvantagem é o estresse e a ansiedade que pode acometer os profissionais que estão em busca de resultados melhores de produtividade e vendas, por exemplo, para terem uma remuneração mais elevada.

Por que impacta os colaboradores?

O grande impacto causado pela remuneração estratégica está ligado ao perfil da equipe que trabalha com esse tipo de estratégia. Caso a empresa seja composta por colaboradores que trabalham bem sob pressão e competição, o impacto tende a ser muito positivo nos resultados e na performance do grupo.

Porém, se os colaboradores tiverem dificuldade de lidar com o estresse da competição e a variabilidade da remuneração, talvez seja melhor investir na transformação da cultura da empresa antes de adotar esse tipo de remuneração.

Alguns exemplos de remuneração estratégica

Os principais exemplos de remuneração estratégica são:

  • Quantia monetária;
  • Participação nos lucros e resultados;
  • Folgas extras;
  • Benefícios;
  • Cursos de capacitação.

Adote a remuneração estratégica com a ajuda da Flash Benefícios

A Flash é a maior empresa de benefícios flexíveis de todo o Brasil! Com a nossa ajuda, você pode adotar a remuneração estratégica para os colaboradores que mais se destacarem na sua empresa. 

Mensalmente, você faz a avaliação de desempenho dos seus profissionais e insere no sistema digital de benefícios o tipo de remuneração estratégica que deseja repassar a eles.

Continue navegando pelo site da Flash e saiba mais sobre benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *