Quais são os impactos dos benefícios flexíveis na produtividade dos colaboradores?

A produtividade dos colaboradores é um ponto importante para sua empresa? Veja como os benefícios flexíveis podem ajudar a melhorar esse aspecto. Confira!

Os benefícios flexíveis estão longe de ser um conceito novo. Apesar disso, nos últimos anos, cada vez mais empresas têm se atentado para as vantagens que esse modelo pode trazer para o clima organizacional da companhia e para a produtividade dos colaboradores.

Nesse artigo, falamos em detalhes sobre os verdadeiros impactos dos benefícios flexíveis e como eles podem ajudar a sua empresa e seus colaboradores a se desenvolverem em meio a um mercado tão competitivo. Leia os tópicos a seguir!

Por que os benefícios flexíveis são tendência?

A pesquisa Happiness and Productivity, promovida pela Social Market Foundation, sugere que os benefícios podem melhorar em até 20% a performance dos colaboradores. A grande conclusão dos especialistas envolvidos no estudo é de que a felicidade e satisfação das pessoas estão intimamente atreladas aos ganhos de longo prazo das empresas.

Essa não é a única pesquisa que corrobora o grande sucesso dos benefícios flexíveis nas estratégias de crescimento de empresas. O estudo Employee Happiness Index, promovido pela Benify, mostra que a satisfação dos colaboradores com seus benefícios pode melhorar o engajamento das equipes em até 11,5% em relação à média.

Além disso, o relatório Employee Benefits, idealizado pela Society for Human Resource Management (SHRM), mostra como os benefícios são importantes para os colaboradores: 92% deles os classificam como primordiais e 29% os consideram decisivos para a escolha de uma vaga.

Percebe-se, portanto, que existem evidências sólidas que apontam para o impacto benéfico de uma boa estratégia de benefícios para o crescimento de uma empresa.

Como funciona a implantação dos benefícios flexíveis?

Agora que você já sabe que os benefícios flexíveis são uma excelente oportunidade para sua empresa, precisa entender como fazer a implantação da forma correta. Primeiro, é preciso entender quais benefícios são preferenciais para os seus colaboradores. O time, como um todo, pode ter necessidades em comum supridas por benefícios, como saúde, alimentação, mobilidade e Auxílio Home Office. Porém, é possível que sua empresa tenha muitas pessoas grávidas ou com filhos pequenos, por exemplo, de modo que o auxílio-creche pode ser uma boa opção. Depois de avaliar as necessidades da sua equipe, é hora de criar os pacotes e estabelecer a forma de gestão dos benefícios. Você pode contar com empresas especializadas, como a Flash Benefícios, para te ajudar nesse aspecto. A empresa oferece uma solução completa em benefícios flexíveis, facilita o gerenciamento deles por meio de um sistema digital e entrega um cartão com bandeira Mastercard para que os seus colaboradores usufruam dos benefícios oferecidos pela sua empresa. Por fim, não se esqueça de fazer uma boa comunicação interna sobre o novo modelo de benefícios. Você pode contar com o seu time de Recursos Humanos para fazer a divulgação, lembrando-os sempre de comunicar a equipe sobre os benefícios de forma objetiva e transparente.

Erros que você não deve cometer ao implementar benefícios flexíveis

O pacote de benefícios flexíveis deve ser implementado na sua empresa com a observância de alguns pontos-chave para que erros não sejam cometidos. Veja quais são esses erros e saiba como evitá-los:

Relacionados aos colaboradores

Criar um pacote unilateral é um erro grave, pois limita as vantagens que os benefícios flexíveis oferecem. Quanto menos o pacote de benefícios suprir as reais necessidades dos colaboradores, menos impactos positivos na produtividade e no engajamento eles vão causar. Dessa forma, abra o diálogo com os seus colaboradores antes de fazer a implementação, pois são eles que vão usufruir dos benefícios. Você pode fazer uma pesquisa para saber quais são os benefícios que os colaboradores gostariam de receber e até mesmo avaliar o perfil da equipe junto com o setor de RH. Outro erro frequente é implementar os benefícios e não fazer uma análise recorrente dos impactos que eles causam na empresa. Você deve definir métricas e avaliar os resultados obtidos após a implementação de forma regular.  Assim, é possível entender quais ajustes e melhorias o pacote pode ter e qual é o custo-benefício de acrescentar ainda mais benefícios para os colaboradores, por exemplo.

Relacionados às empresas

O principal erro das empresas que fazem a implementação de benefícios flexíveis é a não observância da legislação trabalhista. Quando a lei não é cumprida, a empresa pode sofrer ações judiciais e arcar com encargos de natureza salarial ao oferecer os benefícios. Por isso, é essencial que ela conte com uma parceira que ofereça um respaldo jurídico e cumpra os requisitos legais e acordos coletivos. Esse é o caso da Flash Benefícios, que tem soluções com finalidades exclusivas de benefícios que não se configuram como salário.

Os impactos dos benefícios flexíveis na produtividade dos colaboradores

Em termos gerais, é seguro dizer que benefícios flexíveis melhoram a produtividade de equipes e contribuem para o crescimento saudável de empresas. Porém, como exatamente isso acontece?

Nos próximos tópicos, falamos com mais detalhes sobre as vantagens dos benefícios flexíveis e seus reais impactos em diferentes âmbitos da empresa. Continue acompanhando o artigo!

A vaga fica mais atrativa

O sucesso ou o fracasso de um projeto, muitas vezes, é decidido ainda no processo seletivo para a vaga. Infelizmente, essa ainda é uma das áreas mais desafiadoras para equipes de Recursos Humanos, afinal, encontrar candidatos aderentes ao perfil da empresa nem sempre é fácil.

No entanto, com uma boa política de benefícios flexíveis, fica mais fácil tornar uma vaga atrativa e chamar a atenção dos candidatos mais preparados para os desafios existentes.

Os colaboradores ficam mais satisfeitos

Empresas que lideram o ranking de Melhores Empresas Para Trabalhar no Brasil, promovido pela consultoria GPTW, têm áreas de atuação muito diferentes, mas uma coisa em comum: os benefícios flexíveis.

Cada vez mais, os colaboradores se preocupam com a maneira pela qual uma empresa lida com sua força de trabalho. Por isso, pacotes de benefícios pré-determinados perderam a força para a personalização e liberdade promovida pelos benefícios flexíveis.

O desenvolvimento profissional aumenta 

Uma das maiores inovações dos benefícios flexíveis está nas categorias que vão além do óbvio. Muitas empresas oferecem, por exemplo, vale-cultura e incentivos que podem ser usados no pagamento de cursos e aulas, por exemplo.

Nesse sentido, benefícios flexíveis podem ser ferramentas extremamente úteis no desenvolvimento profissional e pessoal da sua equipe.

O engajamento e lucratividade ficam maiores 

Empresas inteligentes sabem que o engajamento de uma equipe está diretamente ligado aos resultados de cada projeto. Numa visão mais macro, esses resultados podem impactar o cenário geral de crescimento da empresa.

Um levantamento promovido pela Gallup mostra, por exemplo, que o engajamento pode intensificar a produtividade dos colaboradores. Segundo dados coletados, funcionários engajados podem ter uma produtividade 21% maior do que os outros, promovendo um aumento de 22% na lucratividade de um negócio.

Como escolher a empresa de benefícios flexíveis ideal?

Na hora de escolher a empresa de benefícios flexíveis perfeita para suas necessidades, não deixe de pesquisar pela opinião do mercado, comparando depoimentos de clientes, a abrangência de serviços e, ainda mais importante, a conformidade com os aspectos legais dessa modalidade.

Além disso, é importante se certificar de que não existem cobranças inesperadas no contrato. Procure empresas com plataformas de alta tecnologia e que ofereçam a melhor experiência de uso tanto para as equipes de RH quanto para os colaboradores.

Continue navegando pelo site da Flash para saber mais sobre benefícios flexíveis!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *