Offboarding humanizado: entenda como demitir um funcionário de maneira empática

Muito se fala sobre a importância de garantir uma boa experiência para seus colaboradores, começando pelo processo de admissão. Apesar disso, poucas empresas estendem esse cuidado até o processo de offboarding

Encerrar o contrato de um profissional com a sua empresa é uma situação delicada para ambas as partes, mas saber como demitir um colaborador de forma empática é um processo que as companhias devem se preocupar em aplicar – sobretudo se desejam oferecer uma boa experiência para o colaborador de ponta a ponta. 

Neste artigo, falamos mais sobre o processo de offboarding e como demitir funcionários se preocupando com o aspecto humano. Confira!

Demissão de um colaborador: por que ela acontece? 

A demissão pode acontecer por diversos fatores e, frequentemente, eles não têm relação com a competência do profissional que está sendo demitido. Algumas das razões mais comuns para demissões são: 

  • Falta de alinhamento de expectativas quanto ao escopo das atividades a serem exercidas; 
  • Insatisfação com algum aspecto da rotina profissional;
  • Produtividade baixa
  • Dificuldades de relacionamento entre membros da equipe; 
  • Comportamentos inadequados

Como demitir de maneira empática?

Se a sua empresa se preocupa em oferecer uma boa employee experience, isso deve se refletir também no processo de demissão. Essa é, afinal, a última impressão que o colaborador terá de sua empresa e, acredite, aqueles que continuarão na companhia estarão observando atentamente. 

Notifique o colaborador de forma ágil 

Uma vez que a decisão pelo desligamento tenha sido tomada, é importante notificar todas as partes envolvidas de forma rápida. Dessa maneira, as equipes podem estabelecer prioridades, agilizar tarefas e garantir que prazos importantes sejam cumpridos. 

Uma comunicação clara evita rumores entre outros profissionais e contribui para um clima organizacional de mais segurança. 

Tenha a documentação organizada

É papel do RH preparar a documentação necessária para o desligamento do colaborador. É importante garantir que todos os papéis necessários estejam assinados e que o colaborador esteja ciente de quais são suas verbas rescisórias. 

Execute uma entrevista de desligamento

Durante essa entrevista, vá direto ao ponto e se mostre disponível para sanar quaisquer dúvidas do colaborador. Isso vai contribuir para evitar atritos entre a empresa e seu ex-colaborador, além de permitir que você colha um feedback sobre a atuação da empresa nesse momento. 

Você pode dar a opção de que o colaborador retire seus pertences no momento que julgar mais confortável, seja após a entrevista final ou durante as horas fora de expediente. 

Cheque pendências

Um passo importante do processo de demissão é a verificação de pendências. É importante retirar o nome do colaborador de todos os sistemas, além de cessar o seu acesso a documentos ou espaços de relevância. Nesse momento, você pode contar com a ajuda da equipe de TI ou dos antigos gestores do profissional. 

Como você pôde perceber, saber como demitir é um cuidado essencial para garantir que a experiência do colaborador seja boa desde o início de suas atividades na empresa até o final. 

Esperamos que as dicas deste artigo possam ter ajudado a equipe de Recursos Humanos da sua empresa a demitir de forma mais humanizada. Para ler mais sobre o mundo da gestão de pessoas, continue acompanhando o blog da Flash Benefícios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *