Como o RH deve analisar a política de benefícios?

Será que a sua empresa precisa de benefícios flexíveis? Neste artigo damos dicas de como otimizar sua política de benefícios. Leia em nosso blog!

Conseguir os perfis mais aderentes às vagas é um processo desafiador e que requer uma boa dose de recursos, tanto humanos quanto financeiros. Por isso, atrair e reter talentos é um dos maiores desafios do setor de Recursos Humanos (RH) de qualquer empresa.

Nesse sentido, uma política de benefícios forte – que inclua benefícios flexíveis, por exemplo – pode ser um ótimo artifício para tornar o processo de recrutadores muito mais fácil.

Então, se você deseja entender melhor como analisar profundamente a política de benefícios da sua empresa e otimizar processos, não deixe de ler este artigo.

beneficios_flexiveis

O que é política de benefícios?

Uma política de benefícios diz respeito ao conjunto de diretrizes que determinam quais tipos de benefícios podem ser oferecidos aos colaboradores.

Ela é, usualmente, desenvolvida pelos profissionais da área de Recursos Humanos, mas pode envolver também o departamento financeiro e outras áreas da empresa.

Qual é a importância da política de benefícios?

Uma política de benefícios tem importantes funções. A primeira delas é manter as operações da empresa dentro da legislação prevista, evitando quaisquer pendências judiciais, multas ou processos trabalhistas.

Uma boa política de benefícios – ou seja, que engloba aqueles que não são obrigatórios – por outro lado, também pode oferecer uma melhora no clima organizacional entre os colaboradores, além de contribuir para o aumento da produtividade e diminuição do turnover.

Além disso, benefícios atraentes certamente chamarão a atenção de possíveis talentos, facilitando todo o processo seletivo e otimizando o trabalho da equipe de recursos humanos.

Quais são os benefícios obrigatórios e facultativos que uma empresa pode oferecer?

Certos benefícios são obrigatórios para trabalhadores que exercem funções sob a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Alguns deles podem variar de empresa para empresa, mas a grande parte consiste em:

  • Vale-transporte;
  • Férias remuneradas;
  • FGTS;
  • Adicional noturno ou de periculosidade;
  • 13º salário.

Além desses, existem aqueles que não são obrigatórios, mas podem tornar a política de benefícios muito mais atrativa, como:

  • Vale-alimentação ou refeição;
  • Auxílio Home Office;
  • Vale-cultura;
  • Incentivos à saúde.

Afinal, contratar benefícios flexíveis na empresa vale a pena? Contamos tudo nesta postagem em nosso blog!

Veja como elaborar uma política de benefícios de modo eficiente

Atualizar a política de benefícios de uma empresa pode parecer uma tarefa gigantesca, mas, seguindo os processos corretos e com algumas dicas, temos certeza de que os resultados serão muito positivos. Entenda melhor nos tópicos abaixo!

Entenda o perfil organizacional

Procure entender com detalhes quais são as falhas que existem na organização da sua empresa, assim como seus pontos fortes. Dessa maneira, você poderá estabelecer pontos de melhoria que a sua nova política de benefícios será capaz de sanar.

Faça uma pesquisa com os colaboradores

A gestão de RH é quem decide quais benefícios devem ser ofertados, mas essa decisão precisa ser tomada levando em consideração as reais necessidades dos colaboradores.

Por isso, procure entender quais benefícios podem ser úteis e quais não oferecem mais valor à proposta da sua empresa. Ouça atentamente aos seus colaboradores para construir uma política de benefícios realmente vantajosa.

Pesquise um bom plano de benefícios

Gerenciar os benefícios dos colaboradores pode ser muito complicado se você não tem a ferramenta correta em mãos. Uma plataforma de gerenciamento de benefícios precisa oferecer todo o controle e usabilidade necessários para tornar a sua rotina mais fácil.

Se os seus colaboradores tiverem acesso a uma plataforma – como um aplicativo – que garanta autonomia e fácil usabilidade para processos, como a troca de senha, consulta de saldo e bloqueio de cartão, por exemplo, a carga de trabalho do time de RH poderá ser otimizada, assim como a satisfação da equipe.

Por que contratar o serviço de benefícios flexíveis da Flash?

Se você planeja adotar benefícios flexíveis no seu empreendimento, precisa conhecer o serviço da Flash Benefícios: a principal empresa do ramo no País. Nossa plataforma é fácil de usar e oferece todo o controle que gestores de RH precisam na hora de planejar a política de benefícios ideal para seus colaboradores.

Em nossa solução, você pode centralizar todos os benefícios, dos mais tradicionais – como o vale-alimentação e o vale-refeição – até os flexíveis, como soluções de mobilidade, bem-estar, vale-cultura, educação e muitos outros. Com um gerenciamento único, você oferece mais autonomia para seus funcionários e mais agilidade para sua equipe de RH. Além disso, nosso cartão é aceito em mais de 2 milhões de estabelecimentos físicos e digitais.

Evite surpresas em seu contrato de gerenciamento de benefícios com a Flash, que tem uma taxa única, sem cobranças extras ou abusivas. Entre em contato agora para falar com a nossa equipe e encontrar a melhor solução para sua empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *