Baixa produtividade dos colaboradores – Causas e como lidar

Baixa produtividade dos colaboradores ainda é algo presente nas empresas e custa muito caro para o Brasil. Confira as principais causas e soluções aqui

A baixa produtividade dos colaboradores no ambiente de trabalho é algo sério e pode afetar diretamente os negócios da empresa, gerando consequências negativas pros resultados. A entidade americana The Conference Board divulgou um estudo que mostra o Brasil na posição 75 no ranking mundial de desempenho da produtividade. Considerando apenas os países da América Latina, o Brasil fica em 15º lugar. Esses dados mostram também que a produtividade do brasileiro corresponde a 25% do americano.

Além disso, a baixa produtividade no Brasil tem um custo anual de 42 bilhões de dólares. Para diminuir esse valor e combater o problema nas empresas (principalmente pequenas e médias), temos que entender suas causas e pensar estrategicamente.

Para te ajudar a entender, separamos as principais causas da baixa produtividade da equipe e algumas dicas para manter seus colaboradores mais motivados.

baixa produtividade dos colaboradores

Comunicação Falha

O baixo rendimento no trabalho pode estar relacionado com uma comunicação interna com bastante ruído. É muito importante que os gestores se comuniquem corretamente e frequentemente com sua equipe. Uma comunicação falha pode gerar para os colaboradores um sentimento de distanciamento e não reconhecimento.

Falta de incentivo

Nas empresas, a falta de incentivo é um dos possíveis fatores causadores da desmotivação e insatisfação dos colaboradores, pois sentem que não são valorizados pelo seu esforço e trabalho. No ambiente empresarial, reconhecer as conquistas da equipe é uma forma de mostrar sua importância para o crescimento da organização. Esse reconhecimento pode ser feito de diversas formas, como: comemorações em conjunto, bonificações ou benefícios flexíveis para o time se manter ainda mais motivado a atingir os objetivos com a empresa.

Falta de conhecimento

Momentos de insegurança quando não há conhecimento técnico para realizar alguma tarefa podem ocasionar uma desmotivação e queda de produtividade na equipe. A supervisão e acompanhamento são fundamentais para que o colaborador não se sinta desamparado e possa aprender com o seu líder.

Segundo dados divulgados pela revista Valor, cerca de 62% das empresas no mundo oferecem treinamentos em horário de trabalho para seus colaboradores. Essa é uma das formas de aumentar o nível técnico da equipe e reter talentos.

Pressão em excesso

Com o grande fluxo de informações e cobranças por resultados nas organizações, é importante saber administrar essa pressão. Principalmente com os colaboradores que não sabem lidar tão bem com esse modelo de trabalho com metas muito altas e focada em resultados.

Uma dica para enfrentar essa situação é oferecer recursos para aliviar o estresse. Diversas empresas contam com ambientes de descontração que ajudam bastante. Um exemplo disso é a sala de descompressão do Groupon. Nela são oferecidos lanches e frutas à vontade para os colaboradores fazerem uma pausa, relaxarem e colocarem os pensamentos no lugar.

baixa-produtividade-dos-colaboradores-1

Problema de planejamento de tarefas

Relacionado ao item anterior, outro fator crucial é a falta de um planejamento correto das tarefas a cumprir. Isso pode fazer com que haja uma sobrecarga nos colaboradores, fazendo com que não se sintam confortáveis no ambiente de trabalho. Além de influenciar negativamente a sua produtividade, pode acarretar outros problemas psicológicos neles, como ansiedade.

Uma boa comunicação é essencial para o gestor entender e administrar um fluxo de trabalho adequado para toda a equipe.

Desgaste físico e emocional

É comprovado que equipes que, por exemplo, fazem muitas horas extras e trabalham mais do que o previsto estão sujeitas a diversos problemas físicos e mentais. Eles são decorrentes do cansaço e prejudicam bastante o fluxo de trabalho na empresa.

Atualmente está se tornando mais comum empresas oferecerem como benefício sessões com psicólogos na própria empresa para tratar a mente dos colaboradores. Como consequência, a produtividade dessas empresas aumentou, aproximadamente, 10%, já que pessoas em estado de desequilíbrio emocional tendem a se desmotivar e, com isso, não dão o seu máximo no trabalho.

Pensando em melhorar os benefícios de seus colaboradores? Fale com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *